Polícia Civil prende tatuador suspeito de abusar sexualmente mulheres e crianças no Bairro Suíssa em Aracaju

O indivíduo usava um medicamento para indução de sono profundo nas vítimas e abusava delas ainda desacordadas.


Foto: ssp.se.gov.br

Policiais civis do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), com o apoio do Departamento De Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), prenderam o tatuador Wagner Bruno Reis Leite, de 30 anos, na tarde de terça-feira, 27/11/2018. Ele é suspeito de molestar sexualmente mulheres e crianças no próprio Studio, no Bairro Suíssa, em Aracaju.


Segundo informações policiais, o indivíduo usava um medicamento para indução de sono profundo nas vítimas e abusava delas ainda desacordadas. Durante as buscas, na residência do tatuador foram localizados em seus equipamentos vídeos que comprovam os crimes, além dos medicamentos que eram utilizados para desacordar as vítimas. Os conteúdos dos vídeos eram gravados pelo próprio indivíduo.


Além de cumprida sua prisão preventiva, foi lavrado auto de prisão em flagrante pelo armazenamento de conteúdo pornográfico infantil. Ele confessou a prática delitiva e será encaminhado para o sistema prisional onde aguardará julgamento.

Fonte: http://www.ssp.se.gov.br/Noticias/Detalhes?idNoticia=11580

29 de Novembro de 2018,
Postado por Visite Dores em Notícias