Inquérito de queda da caixa de água indicia três pessoas por homicídio culposo

Inquérito da polícia indicia membros da Deso por queda de caixa d'água em escola que matou duas crianças e deixou 20 pessoas feridas no Povoado Campo Grande, em Nossa Senhora das Dores(SE).


Foto: Kedma Ferr/TV Sergipe

A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) informou na segunda-feira (26/11/2018) que o inquérito referente à queda de uma caixa d’água sobre o teto da Escola Professor Osman dos Santos Oliveira que fica no Povoado Campo Grande, em Nossa Senhora das Dores (SE) foi concluído pela policia e encaminhado à Justiça pedindo o indiciamento como culpados de três integrantes da direção da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso).


As três pessoas que foram indiciadas são, Carlos Fernandes de Melo Neto, ex-presidente; José Edson Leite Barreto, atual diretor de engenharia; e Juarez Carvalho Filho, ex-diretor de operações, eles foram acusados de homicídio culposo e lesão corporal culposa, em virtude da queda da caixa que causou a morte de duas crianças e deixou 20 pessoas feridas, no dia 6 de novembro de 2017.


De acordo com o trabalho feito pela polícia se obteve a conclusão da presença de sinais de corrosão e falta de manutenção preventiva, inspeção e incúria com base nas normas da ABNT, o que ocasionou uma rápida degradação das condições físicas da estrutura.


Em comunicado, a Deso informou que se manifestará apenas após receber notificação oficial.


Fonte: alonews.com.br

29 de Novembro de 2018,
Postado por Visite Dores em Notícias