MinC libera R$ 16 milhões para festejos juninos em Sergipe

41 municípios sergipanos recebem verba do Ministério da Cultura para realizar festejos juninos. Valor total é de R$ 16 milhões. Nossa Senhora das Dores está entre os municípios contemplados.


cultura.gov.br

O Ministério da Cultura (MinC) vai investir R$ 16 milhões na realização de festejos juninos em Sergipe. Receberão recursos o Forró Caju e o Forró nos Bairros, em Aracaju, e outros festejos em 41 municípios do estado. O aporte de recursos foi divulgado nesta sexta-feira (25) pelo ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, que está na capital sergipana para a 14ª etapa do Circuito


#CulturaGeraFuturo, evento que visa capacitar gestores públicos e produtores culturais quanto ao uso de mecanismos de fomento à cultura do governo federal, como a Lei Rouanet e o Fundo Setorial do Audiovisual.


"É um recurso muito significativo, que vai impulsionar essa grande festa popular sergipana, gerando emprego, renda e movimentando a economia do estado", destacou Sérgio Sá Leitão.


Dos R$ 16 milhões, serão destinados R$ 4 milhões ao Forró Caju, R$ 1 milhão para o Forró nos Bairros e R$ 13 milhões para os festejos no interior do estado. Os recursos são de origem extraorçamentária e foram obtidos com apoio do deputado federal André Moura (PSC/SE).


Criado há 17 anos, o Forró Caju vai ocupar vários espaços de Aracaju em dois finais de semana (22, 23, 24, 28, 29 e 30 de junho). Este ano, 130 atrações, entre locais e nacionais, se apresentarão na festa, por onde passam mais de 100 mil pessoas por dia. É considerado um dos três melhores festejos do Nordeste, depois de Campina Grande (PB) e Caruaru (PE).
Impacto econômico


O MinC fez uma parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para a realização de um estudo sobre o impacto econômico das festas juninas do Nordeste, o qual deve ser apresentado em meados do segundo semestre.


Além de participar do Circuito #CulturaGeraFuturo, o ministro também visitou nesta sexta-feira as igrejas de Nossa Senhora da Conceição da Comandaroba e Matriz Sagrado Coração de Jesus, na cidade histórica de Laranjeiras, e o Santuário da Divina Pastora, na cidade de mesmo nome, todas tombadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Sá Leitão participou ainda da solenidade de comemoração de aniversário da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe, que completa 146 anos neste sábado (26).


Confira os municípios contemplados com recursos:


Amparo; Aquidabã; Aracaju; Arauá; Areia Branca; Boquim; Campo do Brito; Canhoba; Carira; Carmópolis; Cristinápolis; Divina Pastora; Estância; Feira Nova; Frei Paulo; Ilha das Flores; Indiaroba; Itabaiana; Itabaininha; Itaporanga D'Ajuda; Japaratuba; Japoatã; Lagarto; Laranjeiras; Malhador; Maruim; Moita Bonita; Monte Alegre; Nossa Senhora das Dores; Nossa Senhora de Lourdes; Nossa Senhora do Socorro; Pedra Mole; Pirambú; Poço Verde; Riachão do Dantas; Riachuelo; Ribeirópolis; São Miguel do Aleixo; Simão Dias; Siriri; Tomar do Geru.
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura

26 de Maio de 2018,
Postado por Visite Dores em Notícias